Cícero volta a defender reabertura de academias e propõe Refis Covid-19

O pré-candidato à prefeitura da capital, Cícero Lucena (PP), fez nesta quinta-feira (16) novas reflexões sobre os efeitos da flexibilização das medidas de distanciamento social adotadas pelo município de João Pessoa, onde ressaltou que cabe ao Poder Executivo fiscalizar com atenção o cumprimento dos protocolos apresentados por cada setor produtivo.
“Flexibilizar não significa abrir mão do rigor necessário ao funcionamento das empresas. Pelo contrário, este é o momento em que as autoridades precisam estar atentas para evitar uma nova onda de infecções, orientando e acompanhando o dia a dia de quem está retomando a normalidade”, ponderou.
Cícero disse ainda ver com grande alegria a volta do esporte individual a orla de João Pessoa, lembrando que a prática de atividades físicas é essencial para fortalecer o sistema imunológico, condição indispensável para vencer a covid-19. “Agora insistimos para que a Prefeitura da capital veja com presteza a reabertura das academias. Templos religiosos, transporte coletivo, shoppings, lojas e restaurantes já mostraram que é possível retomar as atividades com os cuidados certos e o mesmo se aplica as academias que já poderiam estar trazendo mais saúde para nossa população”, avaliou.
*Refis Covid-19*
O ex-prefeito destacou a necessidade de o Poder Executivo municipal abrir a possibilidade de pessoas físicas e jurídicas refinanciarem tributos municipais (ISS e IPTU) incluindo o parcelamento do ITBI, uma espécie de Refis Covid-19. No caso das empresas o valor das prestações estaria atrelado ao faturamento de cada negócio. “Não podemos permitir o fechamento de tantas empresas! Imagine a quantidade de empregos e a arrecadação que já perdemos... Isso pode piorar ainda mais”, desabafou.
A intenção, segundo Cícero é desafogar as disponibilidades e o caixa de pessoas físicas e jurídicas que se viram em dificuldades financeiras por conta das paralisações decorrentes da repentina necessidade de distanciamento social.
Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários