CAMPEONATO BRASILEIRO: São Paulo derrota o Fortaleza na estreia

Um gol de oportunismo de Daniel Alves deu ao São Paulo a vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza de Rogério Ceni na noite desta quinta-feira, no Morumbi, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A partida, fraca tecnicamente, não empolgou. Pelo contrário. O time visitante até que pressionou os donos da casa na reta final, mas não conseguiu o empate. O São Paulo, por sua vez, se mostrou perdido em suas ideias e pouco fez para buscar um segundo gol.

A vitória leva o São Paulo aos três pontos na tabela de classificação – foi o primeiro jogo do Tricolor, que teve a estreia contra o Goiás adiada por conta de nove jogadores do adversário com Covid-19. O Fortaleza, por sua vez, segue zerado após dois jogos. O time de Rogério Ceni perdeu do Athletico-PR na estreia. Veja aqui a tabela.

São Paulo e Fortaleza não fizeram um primeiro tempo emocionante. Longe disso. Em um jogo de poucas chances de gol, o time visitante chegou primeiro, aos 17 minutos, em chute de Bruno Melo bem defendido por Tiago Volpi. Somente dez minutos depois é que o Tricolor conseguiu responder, em falta de Daniel Alves que quase enganou o goleiro Felipe Alves. Depois de outro longo período de marasmo, o jogo esquentou depois dos 40, quando Tchê Tchê levou perigo em chute de fora da área. No lance seguinte, gol do São Paulo. Reinaldo cruzou, e Daniel Alves apareceu como centroavante para abrir o placar. Até o apito final, o Fortaleza acelerou e teve duas chances, com Osvaldo e Jackson. Mas não conseguiu marcar.

A etapa final começou com o Fortaleza pressionando a saída de bola do São Paulo e forçando o erro dos donos da casa. Aos três minutos, Liziero deu um presente a Juninho na entrada da área. O jogador do Fortaleza fez o gol de empate, mas o VAR anulou por toque de mão antes do chute. Sem conseguir encaixar uma boa jogada, os donos da casa tiveram oportunidade aos 13, mas Daniel Alves bateu a falta na barreira. Já o Fortaleza, melhor na etapa final, levou perigo em chute rasteiro de Romarinho, defendido por Volpi. E depois, mais para o fim da partida, em cobrança de falta de Juninho. Volpi ainda salvou chute à queima-roupa no final. Mas o árbitro já tinha marcado irregularidade.

O Fortaleza teve um gol anulado pelo VAR aos três minutos do segundo tempo. Juninho dominou a bola com o braço antes de finalizar em gol. Nadine Bastos, comentarista de arbitragem dos Canais Globo, concordou com a decisão.

Hoje técnico do Fortaleza, Rogério Ceni esteve no Morumbi pela primeira vez como adversário do São Paulo, onde é ídolo – no ano passado, o reencontro foi no Pacaembu. Por conta da pandemia do novo coronavírus e a ausência de torcida, o clube deixou as organizadas espalharem faixas de apoio ao ex-goleiro no estádio.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, só que às 19h30, o Fortaleza recebe o Botafogo, no Castelão, na capital cearense.

Globo Esporte

Postar um comentário

0 Comentários